XVIII International Aids Conference, Viena, Austria

Período: 18 a 23 de julho de 2010

 

MS apresenta cartuns sobre Aids em Washington

Esta fotografia em cores mostra quatro pessoas sentadas atrás de bancada que possui computador e microfones de mesa. Atrás deles, um telão mostra imagem sobre o Centro Cultural da Saúde, hoje Centro Cultural do Ministério da Saúde. Percebe-se que a mulher à esquerda é quem fala ao microfone. Ao fundo, nota-se a bandeira da Organização Mundial de Saúde (OMS), que é uma bandeira azul com o símbolo da medicina em amarelo sobreposto a um desenho de mapa mundi rodeado de ramos de oliveira.

Em homenagem ao Dia Mundial de Luta Contra à Aids, comemorado 1º de dezembro, o Ministério da Saúde do Brasil participa do evento World AIDS Day 2008, realizado todos os anos em Washington, Estados Unidos, com a mostra "I Festival Internacional de Humor em DST e Aids". A mostra fica disponível no evento até o próximo dia 12 de dezembro.

Ao reunir 300 cartuns sobre Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, o objetivo é fazer do humor um instrumento de fixação da idéia de que a saúde é coisa séria. A partir de uma abordagem criativa, os desenhos animados usam o riso para tratar temas como prevenção, tratamento e direitos humanos dos portadores dessas doenças.

O evento reúne cerca de 150 pessoas de diversos países como Colômbia, Venezuela, Alemanha, Brasil, Bolívia, República Dominicana, Argentina e Áustria.

Participação Brasileira

A coordenadora-geral de Documentação e Informação do Ministério da Saúde, Márcia Rollemberg, participou da abertura do evento, nesta segunda-feira (1º), ao lado da diretora da OPAS, Mirta Roses, e da vice-presidente de Políticas Públicas do Conselho Mundial de Saúde, Maurice Middleberg.

Durante a abertura, foram apresentados temas como: estatísticas da epidemia de HIV/Aids e características das ações nos países da América Latina e Caribe; métodos de abordagem em comunicação relacionados ao HIV/Aids; e monitoramento e avaliação do quadro epidemiologico do HIV/Aids pela Global Health Council. Márcia Rollemberg lembrou que a prevenção, a assistência e o controle do HIV e da AIDS estão presentes em um dos 8 objetivos de desenvolvimento do milênio.

A coordenadora-geral ressaltou que durante as duas décadas de existência do Sistema Único de Saúde, muitos desafios ainda se apresentam, mas os resultados confirmam que o Brasil está no caminho certo. "O programa brasileiro de HIV e AIDS tem sido uma estratégia de grande aprendizado, tendo como base ações de prevenção, assistência integral com fornecimento gratuito de medicamentos e respeito aos direitos humanos e às diversidades culturais", comemorou.