Centro Cultural do Ministério da Saúde





Outras três mostras virtuais são redesenhadas


"Cinquentenário do Museu de Imagens do Inconsciente", "A Saúde Bate à Porta" e "Paleopatologia-O Estudo da Doença no Passado" passam pelo processo de renovação do acervo virtual do CCMS.

Mais três mostras virtuais do CCMS foram redesenhadas para se adequar aos novos padrões de acessibilidade on-line. A partir desta semana, “A Saúde bate à porta – Programa Saúde da Família”, “Paleopatologia – o estudo da doença no passado” e “Cinquentenário – Museu de Imagens do Inconsciente” ganham atualização tecnológica para garantir o acesso a um número cada vez maior de visitantes.



Legenda: Obra do artista Fernando Diniz. Guache sobre papel - Sem data (33 x 48 cm). Acervo: Museu de Imagens do Inconsciente



Legenda: Fotografia de Rui Faquini


As mostras redesenhadas são responsivas, ou seja, podem ser visualizadas por diversos aparelhos, e em formatos de telas diferenciados – incluindo smartphones e tablets. Além disso, elas recebem descrição de imagens, que são lidas por programas de leitor de tela que permitem às pessoas com deficiência visual acompanhar integralmente os conteúdos.



Em “A Saúde bate à porta”, o visitante poderá conhecer melhor a história e as ações do Programa Saúde da Família. Implantado em 1994, o Programa vem atuando na promoção, proteção e recuperação da saúde, com atenção centrada na família, percebida a partir de seu ambiente físico e social. Já a mostra “Paleopatologia” vai bem mais ao passado: reúne informações e imagens sobre a história e a evolução das doenças no Brasil e no mundo, desde o princípio da vida humana. Para tanto, recorre aos acervos de diversos pesquisadores, nacionais e estrangeiros, que se debruçam sobre esse instigante campo do conhecimento.



O “Cinquentenário” é uma mostra retrospectiva a respeito do Museu de Imagens do Inconsciente, criado em 1952 pela Doutora Nise da Silveira. Através de fotos, relatos e documentos, a mostra percorre os cinquenta anos de funcionamento do Museu, contando sua história e tornando públicas as inúmeras ações que fizeram do espaço uma referência mundial na área da saúde mental.



O Centro Cultural do Ministério da Saúde reafirma seu compromisso com a inclusão e com a garantia de acesso do público a todos os conteúdos produzidos para difusão de informação sobre saúde pública no Brasil. A expectativa é que, a cada mês, mais mostras virtuais sejam redesenhadas.



Acessem:

Cinquentenário do Museu de Imagens do Inconsciente


A Saúde Bate à Porta


Paleopatologia - O Estudo da Doença no Passado




Legenda: Planetário de Deus. Óleo sobre papel - Sem data (36,5 x 55 cm). Obra do artista Carlos Pertuis. Acervo: Museu de Imagens do Inconsciente



Legenda: "Calcos" ou réplicas em gesso de corpos humanos achados nas escavações de Pompeia, Itália, onde a erupção vulcânica do Vesúvio preservou uma enorme quantidade de material para estudo.