Centro Cultural do Ministério da Saúde





Exposição comemora 80 anos de criação do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva



29 de agosto - O Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA/SAS/MS) inauguraram, em Brasília, a exposição “INCA: 80 anos de História na Saúde Pública no Brasil”. A data especial também comemorou os 30 anos de instituição do Dia Nacional de Combate ao Fumo.


A exposição, uma parceria entre o INCA, o Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Centro Cultural do Ministério da Saúde (CCMS/CGDI/SAA/SE/MS), foi montada nos 160 metros de extensão do túnel que liga os edifícios sede e anexo do MS, no qual são apresentados painéis que contam a história da criação do INCA e sua evolução de um centro de tratamento do câncer, no final dos anos 1930, até se tornar referência nacional em assistência, ensino, pesquisa, prevenção e vigilância em oncologia.




Legenda: A inauguração reuniu (da esquerda para direita) o deputado federal, Simão Sessim; a diretora geral do INCA, Ana Cristina Pinho Mendes Pereira; o pesquisador da Casa de OswaldoCruz/Fiocruz, Luiz Antônio Teixeira; o curador da exposição (descerrando a faixa inaugural), Jairo da Matta, do INCA; o secretário de Atenção à Saúde do MS, Francisco de Assis; o deputado federal Alexandre Serfiotis; o coordenador de Prevenção e Vigilância do INCA, Eduardo Franco; a chefe de gabinete da Direção Geral do INCA, Ailse Bittencourt e o coordenador geral de Gestão de Pessoas do MS, Pablo Marcos Gomes Leite.



“A mostra resgata a memória histórica e iconográfica do Instituto, lembra as primeiras iniciativas do combate ao câncer no Brasil e registra a contribuição de alguns personagens fundamentais na trajetória do Instituto”, destacou a diretora-geral do INCA, Ana Cristina Pinho Mendes Pereira. Para Jairo Mattos (INCA/SAS), um dos curadores da mostra, a experiência de produzir o material para a exposição foi a oportunidade de testemunhar o histórico da instituição, destacando o compromisso com a universalidade, a integralidade e a equidade. “Deixar registrado o compromisso do INCA com todos os pacientes foi uma maneira interessante de finalizar minha participação no serviço público”, confessou o servidor, que está perto de se aposentar. E ele completa: “graças à equipe do CCMS foi possível transformar pensamentos, ideias e desejos em formas e cores. A participação deles foi preciosa e fundamental”. A montagem da mostra ficou a cargo da equipe da Coordenação-Geral de Administração e Logística (CGAL/SAA/SE/MS).


Ao lado de Jairo, o historiador Luiz Antônio Teixeira (COC/ Fiocruz) foi responsável pela concepção, montagem e supervisão da exposição. Há 10 anos, ele publicou o livro “De doenças desconhecidas a problema de saúde pública: o Inca e o controle do câncer no Brasil” como parte das comemorações dos 70 anos do Instituto. “Desde esta pesquisa compreendi que o INCA não se reduz a um hospital, é uma instituição múltipla, que abrange pesquisas, ensino, assistência, prevenção e vigilância em oncologia”, observa.


Integrante do grupo executivo da exposição, a jornalista do INCA Daniela Daher conta que foram quatro meses para a produção do material e que a construção mobilizou trabalhadores de diversas áreas. “Visitamos diferentes setores para recolher material relevante e todos se envolveram. Quando definimos o que retratar, optamos por, do lado esquerdo, expor a trajetória do Instituto, e do lado direito, o momento atual, com a inclusão de tecnologias de ponta. O grupo todo gostou muito do resultado”, conclui.



Combate ao Fumo

O lançamento do livro ‘Dia Mundial sem Tabaco e Dia Nacional de Combate ao Fumo: Catálogo de campanhas 1997-2017’ também fez parte da cerimônia de inauguração da mostra. A publicação é um resumo histórico das campanhas promovidas pelo INCA nos últimos 20 anos com destaque para as imagens trabalhadas, o objetivo da campanha e o contexto temporal de sua realização; inclui também o artigo 4º da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, relacionado ao tema das campanhas e ações de comunicação e informação.




Texto: Nucom CGESP/SAA/SE/MS
Fotos: Álvaro Pedreira