Mostra virtual CCMS

Sociedade Viva

Violência e Saúde

Imprimir

Projeto Quatro Varas

Este desenho em cores revela dois garotos lidando com papel e lápis sobre duas mesas. Percebe-se que o menino mais à esquerda escreve ou desenha algo na folha, enquanto seu colega apenas o observa. Nota-se também que sobre o fundo branco da imagem há um leve traçado ilustrando uma teia.Do sertão à favela: da exclusão à inclusão

As imagens e os textos aqui expostos, extraídos do livro "Do Sertão à Favela: da Exclusão à Inclusão", constituem registros do trabalho comunitário realizado na Favela do Pirambu, em Fortaleza, sob a coordenação da Dra. Noberta Viana, Assistente Social, e do Dr. Adalberto Barreto, Psiquiatra e Antropólogo, ambos do Movimento Integrado de Saúde Mental Comunitário da Universidade Federal do Ceará.

Merecedor em 1998 de um prêmio conferido pela The Conservation Foundation da Inglaterra, o livro foi concebido e desenhado por 12 jovens entre 14 e 21 anos, no Atelier de Arte Terapia que integra o Projeto Quatro Varas. O material resume o resultado de dois anos de pesquisas, discussões e viagens pelo sertão, com o objetivo de resgatar a história pessoal, familiar e comunitária dos migrantes que passam a integrar as favelas.

O choque entre dois universos antagônicos — o sertão e a favela — surge como um desafio a mais para a existência de um povo que aprendeu a ser forte e a resistir. A capacidade de organização e o desejo de integração permitem que sertanejos migrantes transformem favelas em comunidades de vida.

Este trabalho é um convite para uma viagem pelas áridas paisagens nordestinas e pelo rico universo dos sertanejos forçados a migrar para a cidade grande em busca da sobrevivência.

Este desenho em cores mostra seis cenas, como se fossem pedaços de papel afixados em um mural azul. No canto superior esquerdo, crianças reunidas embaixo de uma árvore olham para adulto sentado de frente para elas. Ainda à esquerda, agora embaixo, dois moinhos e uma casa próxima ao mar são observados por algumas pessoas. Ao centro, notam-se outros dois desenhos. O primeiro revela crianças brincando em grupos; no segundo, dois meninos estão sentados, vê-se papel sobre a mesa e lápis nas mãos. À direita, no canto superior, em primeiro plano, dois meninos lidam com um carrinho de mão carregado de areia. Ao fundo desse mesmo desenho há mais pessoas em uma casa de frente para o mar. A última ilustração apresenta um homem caminhando em estrada de chão. Percebe-se que ele carrega uma enxada no ombro.