Mostra virtual CCMS

Sociedade Viva

Violência e Saúde

Imprimir

Teia Social

Trânsito

O trânsito faz uma vítima no País a cada 15 minutos

Falta de atenção, excesso de velocidade e uso de álcool são as principais causas dos desastres nas rodovias federais.

Foram registrados 35.155 óbitos por acidentes de transporte terrestre (ATT) no Brasil. Desse total, 28.670 (82%) eram homens e 6.475 (18%) eram mulheres (SIM/SVS/MS, 2006).

A faixa etária de 15 a 59 anos concentra mais de 83% dos óbitos em homens e 67% em mulheres. Acima dos 60 anos, os óbitos masculinos foram 12% e os femininos foram 20% do total (SIM/SVS/MS, 2006).

18,7 óbitos por 100 mil habitantes é a taxa de mortalidade por acidentes de transporte terrestre no Brasil. As maiores incidências de óbitos envolveram pedestres (45,2 por 100 mil), ocupantes de automóvel (4,6 por 100 mil), acidentes indeterminados (4,3 por 100 mil) e motociclistas (3,7 por 100 mil) (SIM/SVS/MS, 2006).

Nesta imagem em fundo preto, observa-se uma foto em preto e branco que mostra somente as pernas de pessoas caminhando sobre uma faixa de pedestres.
Sinal vermelho para:

Dirigir sob o efeito do álcool ou de outras drogas.

Transitar em velocidade superior à permitida.

Deixar de prestar socorro à vítima.

Dirigir sem habilitação.

Sinal verde para:

Respeitar as leis de trânsito.

Dar preferência ao pedestre.

Utilizar direção defensiva.

Ser solidário e educado.

Conquistas
  • Qualquer cidadão tem o direito de solicitar ao Sistema Nacional de Trânsito: sinalização, fiscalização e implantação de equipamentos de segurança.
  • Obrigatoriedade do uso do cinto de segurança.
  • Educação para o trânsito é direito do cidadão.
  • Manutenção obrigatória de faixas e passagens de pedestres em boas condições de visibilidade, higiene, segurança e sinalização.
  • 10% dos valores arrecadados do seguro obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), de que trata a Lei n.º 6.194/1974, serão aplicados em programas educativos.
Onde buscar ajuda: